"Eu não tenho filosofia: tenho sentidos... Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é. Mas porque a amo, e amo-a por isso: Porque quem ama nunca sabe o que ama... Nem porque ama, nem o que é amar..."

terça-feira, abril 18, 2017

Tofu feito em casa!!

Tofu feito em casa

Quem só viu tofu nos pratos de restaurantes ou nas lojinhas de alimentos japas, fica boba pensando como aqueles grãozinhos redondinhos de soja se transformam naquela coisa molenga, branquinha e deliciosa. É quase um milagre! Fazer tofu é uma daquelas coisas lavoisieranas da cozinha.

Gente, tofu caseiro comido fresco não tem igual! Eu me esbaldo mesmo! Quando faço aqui em casa, costumo comer só com shoyu, às vezes também entra um gengibre ralado ou wasabi (raiz forte), para aproveitar o sabor e a textura como se deve. Vai por mim: se é a primeira vez que você vai fazer e se você pensa que vai preparar algum prato (uma sopinha, um cozidinho) com seu primeiro tofu, tsc, tsc, tsc, é melhor comprar um pronto na loja, porque o que você fez com suas próprias mãozinhas, você vai cair de boca, consumir do jeito que está mesmo.

Bom, tem gente que não gosta, que acha insosso e sem graça, mas é uma questão de se habituar. Como eu comia isso desde meus tenros e remotos anos, fica difícil dar minha opinião, mas um bom incentivo ao consumo do tofu é uma comparação básica com o queijo minas. O tofu é tão insuportavelmente saudável e magro que, se você levar muito a sério a comparação, o seu imaculado queijinho do dia-a-dia vai ser execrado como o alimento gordo do mal. E é por isso que o tofu e os derivados de soja em geral são o supra-sumo das culinárias naturebas e dos regimes insanos. Sem falar que é uma boa fonte não-calórica e não-gordurosa de proteínas. O leite da soja é praticamente um suquinho dos ursinhos Gummi, te dá aquela energia para passar ilesa e saltitante por reuniões malas, chefes estressados ou vizinhos que só sabem ouvir a dança do créu.

Para as não-iniciadas: não é difícil e não precisa ter nenhuma habilidade excepcional. Há muitas etapas e é preciso atenção no passo-a-passo. Faz sujeirinha, mas como tofu é 100% gordura-free, fica fácil limpar. Eis a recôndita fórmula mágica:

Você vai precisar de:

- 1 xícara de chá de soja
- 1,2 L de água filtrada ou mineral
- 1 colher de sobremesa rasa de nigari* (cloreto de magnésio) ou sal amargo (sulfato de magnésio), facilmente encontrado em farmácias. Há ainda a possibilidade de usar limão ou vinagre, mas nunca tentei e não sei dizer se o resultado é o mesmo.
- 1 molde com tampa para tofu**. Se não tiver pode ser uma peneira, cesto de bambu, molde para queijo ou ainda embalagem de leite longa vida cortado ao meio e furado nas laterais e no fundo. Aqui uso caixa de leite, pois acho que todos têm em casa. Se o seu molde não tiver tampa, é preciso improvisar uma do mesmo formato para prensar o tofu. Uso aqui pequenos tacos de madeira como tampa.
- tecido limpo (pode ser pano de prato, saco de algodão alvejado ou um tecido próprio para se fazer queijos. Atente para a trama do tecido, que não pode ser muito aberta).
- peso para prensar o tofu (minha avó costumava manter uma pedra limpa na cozinha para fazer conservas. Ela usava envolta em papel alumínio, é uma boa dica).

* esse é o coagulante tradicionalmente usado no Japão, mas é um tanto difícil de se encontrar. Você pode tentar em farmácias ou em alguma loja de produtos químicos.
**No Japão, usa-se uma caixa de madeira própria para se fazer tofu, geralmente feita com cipreste.

Como fazer:

1. Lave bem os grãos de soja. Deixe de molho de um dia para o outro (entre 8 e 10 horas) em temperatura ambiente.

2. Escorra a água e divida os grãos em 2 porções. Bata uma porção no liqüidificador com a metade da água. Repita a operação com a outra metade dos ingredientes.

3. Passe para uma panela grande e cozinhe por 20 a 25 minutos em fogo brando (é bom ficar de olho, pois o volume aumenta com a fervura e pode transbordar).

4. Espere amornar e coe no tecido. Você acaba de obter o leite da soja e o okará, o bagaço que sobrou da drenagem. Guarde o okará, que é uma boa fonte de fibras e proteínas e é bem versátil. Pode ser usado para fazer bolos, pães, panquecas, biscoitos e uma infinidade de pratos. Este é o okará:

5. Leve o leite de soja ao fogo novamente para elevar um pouco a temperatura, sem deixar ferver.

6. Dissolva o coagulante em meia xícara de água morna. Acrescente ao leite. Misture bem.

7. Quando começar a coagular, deixe em repouso por 20 a 25 minutos. Este é o aspecto do leite de soja coagulado:

8. Forre o molde para tofu com o tecido (aqui uso caixa de leite longa vida). Despeje delicadamente o leite coagulado e dobre o tecido sobre ele. Prense com a tampa (se não tiver, pode ser algum objeto plano embrulhado em papel alumínio). Coloque um peso por cima para drenar bem o soro. Deixe de 20 a 30 minutos dependendo da consistência que você quer dar ao seu tofu. Quanto mais tempo, mais firme será seu tofu.

9. Coloque o molde em água gelada por alguns minutos. Retire o tecido e desenforme.

10. Guarde o tofu coberto com água num recipiente tampado e na geladeira.

Está pronto o seu Tofu!!!

fonte: Tofu Blog

Por Lindsay
blog feminino, site,moda, beleza, tutoriais, grifes, maquiagem, dicas de roupas, festas, cabelos, bebês, amamentação, receitas, receitas fáceis, penteados, festa, esmaltes, unhas, mulher, vegano, estilo, famosos, vegetariano, dietas,comida japonesa, chinesa, coreano, emagrecer rápido, brindes, promoções, blog de moda, blog for girls, fashion, beauty, tutorials, makeup, hair, body party, polish, nails, women, style, cerebrites, celebridades, aonde comprarvelha, usada, bolsa, saia, short, calça jeans, bolsa, bermuda, feminina, masculina, menina, menino, renovando, animal print, pintura em tecido, sapato, couro, delicado, trabalho, restauração, comida japonesa, melissa, restaurar, sapatos, sandálias,dietas, atkins, dukan

4 comentários:

  1. Oi, achei super interessante seu blog. Sou vegetariana há mais ou menos um ano e agora estou abandonando o leite de vaca, comprei uma máquina de fazer leite de soja e quero fazer meu tofu, mas não acho molde. Adorei sua dica sobre a caixa de longa-vida!

    ResponderExcluir
  2. Olá Luiza,
    Realmente é meio difícil de achar forminhas aqui no Brasil. Mas servem as de queijo tbm, desde que vc coloque um peso extra para precianá-las.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde! Comia muito tofu na região que morava, como me mudei à 7 anos para outra cidade e região onde não tem essa cultura, fiquei por anos procurando e nunca encontrei para vender. Então resolvi fazer, e fiz o meu primeiro Tofu essa semana, mas usei um pote de margarina 500gr, de molde, porém eu o furei todo. E fiquei na dúvida, a caixa de leite deve ser furada também? Ou caso não precise, quando coloco o coagulante, preciso passar no pano para que escorra todo o soro primeiro? Obrigada! Um abraço do RS

    ResponderExcluir
  4. Olá Lisiana, eu furo toda a caixinha do leite embaixo também para drenar bem o soro, senão ele fica retido lá dentro e o tofu fica molengão!
    Boa ideia a sua usar pote de margarina!!!
    Obrigada pela visita!!!
    Bjo.

    ResponderExcluir

Pode soltar o verbo!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...